Imagem do dia – Malhadinha

Foto (c) Pedro Andrade

Com excepção talvez das borboletas-da-couve, nenhuma outra espécie destes insectos é tão fácil de ver como a malhadinha, Pararge aegeria. Esta espécie de asas laranja e castanhas distribui-se por todo o território continental português e na Madeira, com a distribuição a alargar-se internacionalmente por toda a Europa, Norte de África, Rússia, Ásia Menor e Ásia Central.

Esta espécie possui 3 ou 4 gerações por ano – em cada uma delas uma fêmea põe um ovo isolado em ervas secas. Do ovo eclode uma lagarta verde que, como em todas as borboletas, se vai alimentar até atingir tamanho suficiente para se transformar em pupa, ficando num estado dormente enquanto o corpo no interior se converte na forma adulta. O adulto é fácil de encontrar em muitos habitats, mas sobretudo em regiões sombrias, caminhos com vegetação densa e na margem de ribeiros.

.

Referências

–  Maravalhas, E. (2003). “As borboletas de Portugal”. Vento Norte, Porto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: