O que eram… os saurópodes?

De todo o vasto conjunto de tipos de dinossauros, dificilmente diríamos que um tipo é mais extremo e estranho que os outros, mas no que se refere ao grande tamanho, uma característica pela qual tanta gente conhece estes répteis, mais nenhum grupo bate os saurópodes.

O grupo dos saurópodes (Sauropoda) inclui os grandes  dinossauros de pescoço comprido, que atingiram durante a sua evolução tamanhos incríveis para animais terrestres: Brachiosaurus brancai, o maior saurópode conhecido por um esqueleto quase completo, deveria atingir 26 metros de comprimento, 12 metros de altura e 38 toneladas, mais que 7 elefantes! E provavelmente não era o maior: recentemente várias espécies foram descobertas que pesariam mais, sobretudo os grandes titanossáurios (Titanosauria) como Argentinosaurus huinculensis, Puertasaururus reuili ou Paralititan stromeri. Por vezes fala-se também de Amphicoelias fragillimus, uma espécie descrita com base numa vértebra desaparecida que, caso se venha a verificar a veracidade da descrição, poderá ser de um animal com 58 metros de comprimento e 122 toneladas…

Um dos últimos saurópodes, Alamosaurus sanjuanensis, viveu há cerca de 69 milhões de anos, quase no fim do Cretácico na América do Norte - Fonte: Dmitry Bogdanov

Apesar destes enormes tamanhos, estes fantásticos herbívoros tiveram origens humildes, em pequenos prossaurópodes com menos de 2 metros, no período Triásico. Quando os primeiros saurópodes surgiram, na recta final do Triásico, já eram dos maiores dinossauros, mas dificilmente se previa que atingissem tão grandes tamanhos! Isto pode ter acontecido para facilitar a digestão de plantas pouco nutritivas (o maior tempo de permanência do alimento no tubo digestivo facilita a digestão em grandes mamíferos herbívoros), como protecção contra os grandes dinossauros predadores, para se alimentarem de plantas mais altas ou para aumentar a eficiência energética (um animal mais maciço perde energia mais lentamente). O aumento de tamanho foi compensado pela evolução de um muito eficaz sistema de respiração, com recurso a sacos de ar (semelhantes ao das aves) e ossos ocos. No entanto, nem todos os saurópodes eram gigantes, como comprovado pelo Europasaurus holgeri, descrito pelo paleontólogo português Octávio Mateus, que não teria uma altura superior à de uma pessoa.

Para além dos mencionados acima, outros saurópodes famosos incluem Diplodocus spp., Apatosaurus spp., Camarasaurus spp. e Mamenchisaurus spp. Como o resto dos dinossauros não-avianos, os saurópodes extinguiram-se no final do período Cretácico, há cerca de 65 milhões de anos.

.

Referências

– Benton, M. J. (2005), Vertebrate Paleontology, 3rd ed. Blackwell Science Ltd

– Carpenter, Kenneth (2006). “Biggest of the Big: A Critical Re-Evaluation of the Mega-Sauropod Amphicoelias fragillimus Cope, 1878”. In Foster, John R.; Lucas, Spencer G.. Paleontology and Geology of the Upper Jurassic Morrison Formation. 36. New Mexico Museum of Natural History and Science Bulletin. pp. 131–138.

8 Responses to O que eram… os saurópodes?

  1. Pingback: Imagem do dia – Allosaurus fragilis « Histórias da Vida e da Terra

  2. jheniffer diz:

    oque os sauropodes sao de animal hoje em dia ??

  3. Pingback: Museu de Curiosidades #5 – Maxakalisaurus topai | Museu Nacional - SAE

  4. suelen diz:

    alguem ta fasendo hoje esse trabalho vamos bate um papo kkkk ??

  5. anna clara diz:

    que desgraça nao acho

  6. anna julia diz:

    que desgraça nao acho o dinossauro sauropodes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: